Anatomia Vegetal na Escola

Visualização de mesofilo homogêneo

 

As folhas são estruturalmente muito diversas, tanto morfologicamente quanto anatomicamente. Assim, o número de camadas da epiderme, o tipo dos estômatos, a presença ou ausência de tricomas, a espessura da lâmina foliar, o formato e a disposição das células do parênquima clorofiliano, a quantidade e características dos tecidos vasculares são algumas das principais variantes que a folha pode apresentar em sua anatomia.

      O mesofilo é a porção da folha entre as epidermes e excluindo a vascularização. Geralmente, é constituído por parênquima clorofiliano, mas pode apresentar outros tecidos ditos fundamentais, como esclerênquima, parênquima aquífero, etc. As células do parênquima clorofiliano podem variar quanto ao formato e distribuição no mesofilo. Portanto, dependendo dessas características, o mesofilo pode receber diferentes denominações em sua classificação.

      Assim, quando o mesofilo é constituído por células de igual aspecto, geralmente esférico, diz-se que o mesofilo é do tipo homogêneo. Esse tipo de mesofilo é comum em plantas ditas xeromorfas, ou seja, adaptadas à falta d'água.

     Nesta prática iremos analizar a estrutura interna da lâmina foliar da espada-de-são-jorge (Sansevieria trifasciata), uma planta xeromorfa (Fig. 1). Optamos por fazer lâminas temporárias de material fresco para preservar as cores naturais dos tecidos e minimizar deformidades causadas por reagentes no preparo de lâminas permanentes.

      Para o preparo de lâminas do mesofilo de S. trifasciata, vamos precisar de (Fig. 2):

  • Folha de espada-de-são-jorge;

  • Placa de Petri;

  • Lâmina de barbear;

  • Água;

  • Pincel;

  • Lâmina;

  • Lamínula; e

  • Papel toalha (ou similar).

      Remova uma parte da folha e seccione com a lâmina de barbear (Fig. 3), conforme descrito em "Seccionamento". Prepare lâminas com os melhores cortes obtidos (Fig. 4), como descrito em  "Preparo de lâminas temporárias".

      Visualize ao microscópio, como descrito em "Observação ao microscópio". O mesofilo é considerado como sendo do tipo homogêneo, por ser constituído por células parênquimáticas de formato arredondado. Porém, há dois tipos de parênquima: o parênquima clorofiliano, próximo às epidermes, e o parênquima fundamental, ocorrendo na região central do mesofilo (Fig. 5). O parênquima clorifiliano é verde, uma vez que suas células possuem cloroplastos (Figs. 5 a 7). Já o parênquima fundamental é incolor (Fig. 5). Próximos às epidermes ocorrem agrupamentos celulares de cor natural cinza claro. São feixes de fibras (Figs. 5 e 8). Na porção mais central do mesofilo ocorrem agrupamenos maiores de células, na cor natural cinza claro e cinza escuro. São feixes vasculares (Figs. 5 e 6). Mesmo tomando todo o cuidado na montagem da lâmina, podem ocorrer algumas bolhas de ar (Fig. 8).